(Imagem: Reprodução)

Cássio Ramis dos Santos (PSDB), de 37 anos, foi velado e sepultado na manhã desta sexta-feira, 25, em Patrocínio. O suspeito Jorge Marra, flagrado disparando os tiros contra a vítima, está sendo procurado pela polícia.

(Imagem: Divulgação)

O pré-candidato a vereador foi velado na Câmara Municipal das 8h às 11h e enterrado por volta das 11h30 no Memorial Jardim dos Ipês. A cerimônia aconteceu seguindo as regras impostas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e teve o horário encurtado por conta da pandemia da Covid-19.

Várias autoridades políticas, como Anastasia e o governador Romeu Zema, lamentaram a morte do pré-candidato a vereador. Incluindo, o vereador Panxita (PTB) de Patrocínio, que é tio de Cássio. Em entrevista a uma rádio, o parlamentar agradeceu ao público pelas orações e pediu que a justiça seja feita.

A assessoria de Cássio divulgou uma nota de pesar pelo ocorrido e agradeceu as manifestações em apoio aos familiares da vítima.

Saiba mais:

Candidato a vereador é morto a tiros em Patrocínio e Secretário de Obras é principal suspeito

Caminhonete e arma de ex-secretário de obras de Patrocínio é encontrada em Perdizes

O caso

(Imagem: Reprodução/Facebook)

O crime aconteceu após a vítima fazer uma live para mostrar uma obra que funcionários da prefeitura faziam em uma casa. Ele afirmou que o serviço estava sendo usado de modo particular em um imóvel que seria o comitê de campanha do atual prefeito. Nas imagens é possível ver Jorge saindo de um carro, Cássio avisa no vídeo que o secretário foi até o local para agredi-lo. O suspeito pega o celular da mão do candidato a vereador e a live é encerrada.

De acordo com a apuração, Jorge teria voltado para o carro em posse do celular da vítima e seguido para o Secretaria de Obras. A vítima foi atrás para tentar pegar o aparelho de volta. Na porta do prédio, os dois discutiram, momento em que o suspeito pegou um revólver. Cássio tentou fugir, mas foi baleado por pelo menos cinco tiros.

Após o crime, o secretário entrou em uma caminhonete e fugiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.